expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Em S. Tomé, a Gravana vai seca mas não impede que do céu e por entre a floresta se despenhem divinas mensagens dobradas de dobras, nestes dias que antecedem o cair do pano da última cena do teatro eleitoral Presidencial - Para que ninguém falte à consagração do Chefe de Estado de Patrice Trovoada, que acaba de receber mais um alto figurante da comédia internacional - O senegalês Abdoulaye Bathily, representante da ONU, rejeitado por Burundi como mediador, acusado de parcialidade e que já veio felicitar o Governo Santomense, como um exemplo de democracia" –






Chegam-nos informações de que, apesar do período da Gravana,  ir muito seco e as chuvas primarem pela sua ausência para desespero de algumas populações, de volta e meia, aqui e além, desde os espaços abertos da orla litoral aos lugares mais recônditos das espessas florestas, vão chovendo surpreendentes e celestiais mensagens dobradas de dobras para que, nas eleições de Domingo,  poucos deixem de tomar o seu banho, e, pelo menos nesse dia,  por obra e graça do espírito santo, não comam só milho, jaca, búzio do mato  ou banana, e, com vinho de palma e muita alegria, já  com o estômago menos vazio, se associem à grande festa, suprindo algumas das suas necessidade básicas, uma vez que a grande maioria das gentes destas maravilhosas ilhas, vivem no limiar da pobreza, e, se a fome as não  mata, é porque a Natureza é fértil e generosa e há sempre uma árvore da fruta pão ou bananeira, junto à mais humilde cubata ou casebre de madeira alpendrado

Por Jorge Trabulo Marques - Jornalista  - Informação e Análise - Desde há 46 anos
  


Eleições Presidenciais -  PROSSEGUE  A COMÉDIA  - AGORA AO MAIS ALTO NÍVEL DO LIBERALISMO INTERNACIONAL - Angola não confia em Patrice e este vira-se para  os países francófonos do Golfo - A visita do senegalês Abdoulaye Bathily, representante da ONU, parece ser um desses indicadores 

Em 5 de Junho de 2005, há um ano, o Governo do Burundi rejeitou o novo mediador da ONU  para acabar com a crise na Nação Centro Africana, o Representante Especial da ONU para a África Central, Abdoulaye Bathily acusando-o de parcialidade. Burundi rejects new UN mediator over negative elections report ... - Agora parece ser a  tábua de salvação  de Patrice para fazer valer méritos democráticos que não tem revelado. 


"ONU felicita governo e considera “São-Tomé e Príncipe um exemplo de democracia"

STP-PRESS
São-Tomé, 03 Agos (STP-Press) – O primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada recebeu esta manhã o representante do secretário-geral das Nações Unidas, ONU, Abdoulaye Bathily, que felicitou o governo e reafirmou que “São-Tomé e Príncipe é um exemplo da democracia em África”.

(…) Quanto ao processo eleitoral em São-Tomé e Príncipe, o representante do secretário-geral das Nações Unidas declarou que “ São-Tomé e Príncipe tem sido um exemplo da democracia em África e na organização do processo eleitoral”, tendo sublinhado “esperar que a 2º volta das presidenciais de domingo, dia 7 possa decorrer de forma pacífica”.


(…) “Além do primeiro-ministro, Patrice Trovoada, o representante das Nações Unidades, Abdoulaye Bathily teve ainda audiência com o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidade, Salvador Ramos, o Presidente da Comissão Eleitoral Nacional, Alberto Pereira bem como o candidato mais votado nas eleições de 17 de Julho, Evaristo Carvalho – Excerto de .STP - PRESS

ONU SOB DOMÍNIO LIBERAL 

Depois dos escândalos, que marcaram o escrutínio da 1ª volta das eleições presidenciais, com as gravissimas irregularidades, que levariam, o Presidente da República em exercício, Manuel Pinto da Costa, a  recusar-se  a "continuar a participar num processo eleitoral tão viciado, considerando que  seria caucioná-lo,  Patrice Trovoada, pretendendo dar credibilidade um Governo, que começa a cair em desgraça e a ser fortemente contestado pela população, num ambiente, senão de confronto, porque o Povo é pacifico, mas de um grande mal-estar social, mobiliza as suas influencias diplomáticas externas e , na derradeira semana do último escrutino, marcado para  domingo, 7 de Agosto,  recebe a visita do senegalês, Abdoulaye Bathily, representante da ONU

Pois, nestas coisas, o conta não é tanto a realidade da situação social e económica, que  se vem degradando, com bancos a falir e empresas insolventes - pese um certo folclore de inaugurações, com as televisões e as rádios, em serviço exclusivo da propaganda governamental - , mas salvar as aparências e dar um cunho de legalidade democrática, a um governo, que só tem dado mostras de arrogância e de autoritarismo. 

MAIS UM 2º GUEBUZA A CREDIBILIZAR A FRAUDE  - ERA O QUE PATRICE QUERIA OUVIR DE MAIS UMA ENTIDADE QUE ESTÁ A MILHAS  DA REALIDADE DO POVO SANTOMENSE 



Depois das declarações encomendadas ao gosto de Patrice Trovoada, de que o processo eleitoral da 1ª volta havia decorrido de forma livre e transparente, proferidas  por Armado Emilio Guebuza, o ex- presidente miçambicano, que,  a Embaixada Americana, em Maputo, acusara de estar envolvido num suposto caso de corrupção e tráfico de influências. EUA associam Guebuza ao narcotráfico internacional, eis que agora surge outro dos  amigos de Miguel Trovoada (pai) que também chegou a ser nomeado representante do secretário-geral da ONU para a Guiné-Bissau, no exercício de  desastrosa missão  diplomática, Miguel Trovoada é pessoa não grata na Guiné Bissau......... http://paginaglobal.blogspot.pt/2016/04/guine-bissau-miguel-trovoada-um.html . aí temos mais um farsola de  alto nível, das mesmas lides do antigo politico santomense, a estender a mão à "democracia" do  filho.

ANGOLA PARECE RECUAR  NOS APOIOS A SÃO TOMÉ - ENQUANTO PATRICE GOVERNAR  - Resta-lhe virar-se para o Gabão - onde nasceu - e outros países francófonos do Golfo da Guiné  -  Porém, ao não contar com o apoio dos parceiros tradicionais,  sim, se  tal situação se  confirmar,  poderá agravar ainda mais a já de si débil situação económica do seu país.

Banco Equador - Rui Mendonça
É que, segundo se depreende,  o Governo Angolano, parece não nutrir grandes simpatias pela liderança de Patrice Trovoada e não querer injetar mais dinheiro nos bancos onde tem investido, voando não se sabe para onde - Pois as campanhas não se ganham com maiorias sem guita. A recente falência do Banco Equador, assim como  de outros que se anunciam,  parece ser  um indicador dessa indisponibilidade politica.


Em Dezembro de 2013, Angola concedeu uma linha de crédito a São Tome e Príncipe no valor de Cento e Oitenta Milhões de Dólares( 180,000,000), mas quem acabaria por beneficiar  desse empréstimo foi o Governo de Patrice Trovoada    - Era, então, Primeiro-Ministro Gabriel Costa (MLSTP-PSD)., o referido empréstimo era destinado às   áreas de cooperação e desenvolvimento nomeadamente, infraestrutura de transporte, abastecimento de água potável, energia, educação e formação profissional, justiça, saúde, protecção civil, agricultura e desenvolvimento rural, habitação, cultura, turismo e exploração petrolífera e projectos relacionados com a redução da pobreza. Angola concede empréstimo a STP no valor de 180 milhões de dólares

Quem arrecadaria  os louros desse empréstimo, acabaria por ser o Governo de Patrice Trovoda, com todo um  folclore propagandistico, publicamente  conhecido, empolado através da  monopolização dos ´órgãos de comunicação social - rádios e televisões - Porém, José Eduardo dos Santos, que tem uma espinha atravessada na garganta pelas posições de Miguel Trovoada a favor das politicas da UNITA, pelos vistos, é suposto que o Governo angolano, não esteja disposto  a continuar a abrir os cordões à bolsa, favorecendo figuras politicas, que lhe foram hostis. 


Nenhum comentário :