expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Em S. Tomé - Ventos de tornado fazem tremer Governo de Patrice Trovoada,– Ministro de Economia e Cooperação Internacional, Agostinho Fernandes, apresentou a sua demissão em pleno Conselho de Ministros – Negócios milionários das pescas, com a EU, o cerne do imbróglio?!.. - Salários por pagar na função pública geram descontentamento e instabilidade, numa altura em que o papel do novo Chefe de Estado é subalternizado pelo Primeiro-Ministro que se apresenta no Quartel Militar a exigir disciplina e chama a si honras militares de excecional aparato


Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise

POSSÍVEIS MUDANÇAS A NÍVEL DE CHEFIAS MILITARES – DEPOIS DAS PROMOÇÕES DE MILITANTES DA CONFIANÇA POLITICA


Previsto, para hoje, uma  reunião do  Conselho Superior de Defesa Nacional, o que poderá ser sinal de que esteja sobre a mesa  a   substituição de quadros das chefias militares. Nomeadamente do   Chefe do Estado-Maior

Segundo as nossas  fontes, no Conselho Superior de Defesa Nacional, parece não estar  prevista a substituição do CEMFA mas a nomeação do novo Comandante do Exército, ramo que, desde há 3 anos, não tem um comandante  - Veremos: com Trovoada a Governar, nada é inocente:

 GREVE NA POLÍCIA JUDICIÁRIA SANTOMENSE  Por outro lado, chegam-nos também indicações de que, desde ontem, vários funcionários da polícia judiciária PIC, suspenderam  à sua atividade, exigindo uma resposta ao Ministro da Justiça das suas reivindicações, tendo mesmo chegado a bloquear  alguns serviços por vários motivos de descontentamento laboral


TUMULTO NA CADEIA CENTRAL – PORQUÊ? - TVS e Radio Nacional nada disseram -   REINO DO PATRICE SOBE DE TENSÃO EM VÁRIOS SECTORES  -  Na semana passada, houve um motim na cadeia central. Um Juiz ordenou a libertação de um recluso, porém, o Diretor, tendo recusado em acatar a decisão do Juiz, provocou  uma revolta de cerca de 15 reclusos, em solidariedade com o visado na decisão do Juiz.  - Relatam-nos que se viveu situação perigosa, com disparos de arma de fogo por parte dos Guardas Prisionais.

DE RETORNO À ILHA, ADENSAM-SE NUVENS NO HORIZONTE 

Patrice Trovoada, que, nos últimos dois meses passou a maior do tempo fora do seu país (tal como vem sendo hábito) nas suas passeatas de cruzeiro, sob os mais diversos pretextos: - ora argumentando encontros com as comunidades na diáspora, que se anunciam mas dos quais nem sequer chega haver noticia de qualquer esforço nesse sentido,  ora hipotéticas promoções dos negócios públicos, mas  também esta aldrabice já não pega , pois  agora já se sabe, de fonte segura, que, afinal, o que faz deste empresário-caixeiro-viajante, um dos mais assíduos clientes dos transportes aéreos internacionais, (assim, como a sua mulher) é também o interesse de administrar as empresas que possui  no Estado do Texas,  América, em Portugal e noutras paragens – Claro, para alguma coisa deverão servir os milionários  expedientes.




Entrevista 13 de Nov 2014 - . São Tomé 39 anos depois: Agostinho Fernandes, ADI: “o pais tem futuro, com ou sem petróleo – Pormenores em  http://www.odisseiasnosmares.com/2014/11/sao-tome-39-anos-depois-agostinho.html
PRINCÍPIO DA QUEDA DE UM "MESSIAS"


O Primeiro-ministro de São-Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, havia anunciado para breve «uma remodelação parcial do Governo, em busca de melhores resultados económicos e para fazer face aos interesses e Bem-estar de todos os são-tomenses». – Mas, pior a emenda que o soneto:  no que deu foi em gerar  uma indisfarçável onda de  mal-estar e desconfiança no seio do seu próprio executivo: por um lado, por força das especulações, que imediatamente se seguiram, nas redes sociais, com a indicação dos supostos nomes que poderiam ser dispensados: é que, nestas coisas, recomendam as boas normas da política, que as remodelações, quanto têm que ser feitas, fazem-se no momento apropriado e não se anunciam ou adiam.

Pelos vistos, as consequências, aí estão, com um ministro de peso, um técnico altamente qualificado, a bater com a porta em pleno Concelho de Ministros. - Mas lá chegará o dia em que o gabonês; Patrice Émery Trovada, é substituído por um santomense Primeiro-Ministro do perfil do que agora lhe vira as costas 

Conquanto não fosse dos nomes que tivessem vindo a publico, como possíveis a remodelar, o certo é que,  a avaliar pelo que nos é transmitido  pelas nossas fontes, não é Patrice Trovoada, que manda ministro para casa, é um ministro que lhe dá uma grande chutada.~

Agostinho Fernandes, Ministro da Economia e Cooperação Internacional, que  havia transitado do  Ministro do Plano e Desenvolvimento no XIV Governo constitucional, foi-nos dito que teria apresentado a demissão no Conselho de Ministros e que a mesma teria sido aceite - A confirmar-se tal facto, obviamente que , o castelo de Trovoada, tem neste episódio o incontornável sinal de que algo vai mesmo muito mal no reinado  dos "banhos públicos", e que, naturalmente,  tenderá a desmoronar-se

AGOSTINHO FERNANDES – O MINISTRO DO ACORDO DE PESCAS COM A UNIÃO EUROPEIA - FORÇADO A BATER COM A PORTA:  - É QUE,  TENDO EM CONTA O QUE SE TEM ESCRITO SOBRE O PASSADO DE P. TROVOADA, ESTE   NÃO É APENAS O POLITICO - Mas também o astuto empresário que tem feito da política o tranpolin para se governar  - E o sector das pescas é um sector apetecível de milhões.


REAÇÃO GROTESCA DE TROVOADA

Soubemos que, quando o Agostinho Fernandes, manifestou verbalmente o seu descontentamento e de pretender pôr o lugar a disposição, em resposta, o Patrice disse-lhe que o fizesse o mais rápido possível e se quisesse que fosse embora "Já!". Que deixasse o carro e que fosse a pé

Foi Agostinho Fernandes que  celebrou o  último acordo de parceria de pescas  com a União Europeia em Dezembro de 2014, válido até 2018, e que  atribui licenças de pesca nas águas do arquipélago a 34 pesqueiros com bandeira da UE, autorizados a capturar sete mil toneladas de atum por ano. Todos os anos as partes se reúnem para fazer um balanço.



Há dois dias estava sobre a mesa a possibilidade do Governo são-tomense querer alterar acordo de pesca com a União Europeia

Terá sido esta a questão do desentendimento? ... 

É que, sendo as pescas, um dos sectores - tal como o do petróleo - altamente lucrativo  quererá, também,  P. Trovoada aqui  manipular tudo a seu belo prazer?  - É que, um  ministro, dedicado, competente e sério, poderá não ser o perfil mais conveniente  para os  desígnios de um hábil e misterioso empresário - Sim, porque este é também um dos  múltiplos ramos ou serviços de  atividade  em que as  empresas de Patrice, não deixarão certamente de se  movimentar..TEXAS OVERSEAS CONSULTING SERVICES,INC. - PTROVOADA ... Traduzir esta página 2010-2016 v9.14  TEXAS OVERSEAS CONSULTING SERVICES,INC. - 001 713 ...  São Tomé e Príncipe se tornou um modelo de como roubar uma .

(...) 11/10/2016 1 São Tomé - O Governo são-tomense quer alterar o acordo de pesca com a União Europeia que atribui licenças a 34 navios comunitários em troca de 700 mil euros anuais, disse, nesta terça-feira, o ministro do setor, Agostinho Fernandes, noticiou a Lusa.
. http://www.portugaldigital.com.br/lusofonia/ver/20106407-governo-de-sao-tome-e-principe-quer-renegociar-acordo-de-pescas-com-a-uniao-europeia


 Patrice Trovada falou da necessidade de haver disciplina no quartel  - Mas terá apenas querido referir-se aos desacatos  do  passado Domingo em Pantufo, em que  um militar, que também é árbitro, foi violentamente agredido (esbofeteado) por um jogador, durante uma partida de futebol, tendo como represália, que, no dia seguinte,  um grupo de militares se dirigisse  acompanhado pelo ofendido a ajustar contas com o jogador, que, neste momento, se encontra hospitalizado? –  ... Naturalmente que não será apenas devido a este lamentável episódio mas à disciplina subserviente, que é a aquela que mais lhe  interessa de que propriamente a das trivais  agressões futebolísticas.

UM PRIMEIRO-MINISTRO  - ESTILO CAIXEIRO- VIAJANTE E  - NÃO É PARA SER LEVADO A SÉRIO

Em S. Tomé e Príncipe, a palavra do Primeiro-Ministro, não é para  ser levada a sério, tal como, de resto, a generalidade das suas afirmações: isto, porque, vai tornando-se, já  num hábito,   fazer levianas acusações mas depois não as conseguir provar. O mais recente caso foi a gravíssima e escandalosa acusação,  de que "um jornalista independente" tem "arma de guerra" fornecida pela Presidência da Republica, durante o mandato de Pinto da Costa.

A Associação dos Jornalistas São-tomenses (AJS) pediu ao Ministério Público (MP) a abertura de uma investigação sobre a denúncia feita pelo primeiro-ministro Patrice Trovoada,  mas, como a justiça nas Ilhas, está subordinada ao poder politico, não se falou mais do caso – Só que estas coisas, por mais que se tentem abafar, geram indignação e descontentamento, que não é fácil de apagar.Associação dos Jornalistas pede investigação às declarações de

GOVERNO LIDERADO POR PATRICE TROVOADA, DIFICILMENTE COMPLETARÁ OS 4 ANOS DA LEGISLATURA


Decididamente, o  Governo está de corda bamba: Milhões gastos em negociatas de embarcações, palácios do povo, tudo muito confuso e mal esclarecido, além da bagunça das viagens do PM e sua comitiva; depois não há dinheiro para o essencial - Consta que a  Diretora do Tesouro Publico da Direção das Finanças Anita Silveira, emitiu uma circular que doravante só serão pagas  despesas como: salário da função pública,/ Combustível/ Despesas alimentação/ etc  - Bom, mas, se calhar nem mesmo isso Patrice só cá esteve 75 dias em 2015- Viagens custaram 1 milhão e 

 O Governo de Patrice Trovoada, completa neste mês, dois anos de legislatura, mas dificilmente poderá chegar concluir a  outra metade – Dispõe de confortável  maioria na Assembleia Nacional, mas a rotura vai acontecer no seio das suas hostes, onde o seu autoritarismo  começa a tornar-se insustentável – A personalidade de Patrice Trovoada é demasiado arrogante e vaidosa para permitir discussão democrática à sua volta: ou se faz o que ele quer ou então vira as costas: é o que vai forçar a escapar-se.

. A expressão de sorriso largo e de aparente bonacheirão, é  mera farsa teatral: É a máscara de quem procura esconder um perfil psicológico da mais refinada hipocrisia e desmedida vaidade e egoísmo – Políticos desta estirpe, que nem sequer chegam a ter o carisma dos típicos ditadores, estão condenados ao fracasso. É o que lhe vai suceder. 

Por isso mesmo,  como é astuto como as raposas, enquanto puder, tudo fará para concentrar todos os poderes à sua volta: -  Tem poder económico, dispondo de fortuna pessoal; o poder judicial corrompido, o  poder do Chefe de Estado vergado aos seus desígnios: A única certeza que ainda não tem, é o que poderá estar na cabeça dos militares – Isto, porque,  a mentalidade militar é geralmente divergente da mentalidade do indisciplinado paisano ou civil

ARVORADO EM CHEFE DE ESTADO, COM HONRAS MILITARES  – ENQUANTO O CHEFE DO ESTADO FAZ O PAPEL DE SEU MORDOMO DE VIAGENS  

Em boa verdade, em S. Tomé e Príncipe, tanto  o papel do Primeiro-ministro, como o do Chefe do Estado, encontram-se, atualmente, absolutamente subvertidos: 

Evaristo de Carvalho, fazendo o papel de mordomo de Patrice Trovoada, abandona o Pais, sem ao menos dar conhecimento à Assembleia Nacional, desrespeitando às leis da Constituição: que diz expressamente o seguinte: 

  “1 . O Presidente  da República não pode ausentar-se do território nacional sem assentimento da Assembleia Nacional ou da sua Comissão Permanente se aquela não estiver em funcionamento. 2.        O assentimento é dispensado nos casos de viagem sem carácter oficial, de duração não superior a cinco dias, devendo, porém, o Presidente dar prévio conhecimento dela à Assembleia Nacional. 3.        A inobservância do disposto no numero 1 envolve, de pleno direito, a perda do cargo, mediante o respetivo processo, nos termos  definidos por lei.

Patrice Trovoada, vai discursar na ONU , sabendo que essa função caberia ao Presidente da República, a quem a Constituição delega Representar o Estado nas relações internacionais – Para se fazer passar de Chefe de Estado, deu-se ao desplante de se fazer acompanhar de ajudante de campo.

Agora, temos Patrice Trovoada, a desempenhar as funções  de Comandante Supremo das Forças Armada e a botar argumentos em discurso  que não são das suas atribuições – Esquecendo-se ou fazendo vista rasa de que é ao Chefe do Estado que compete Autorizar a participação das Forças Armadas são-tomenses em operações de paz em território estrangeiro ou a presença de Forças Armadas estrangeiras em território nacional, sob proposta do Governo, ouvido o Conselho de Estado e mediante o assentimento da Assembleia Nacional;i)         Requerer ao Tribunal de Constitucional a fiscalização preventiva da constitucionalidade ou legalidade dos diplomas legais e dos tratados internacionais;

Por isso mesmo, a discursata que, Patrice Trovoada, ontem efetuou ao quartel General das Forças Armadas, entre outra propaganda promocional, devia ser pronunciada pelo Presidente Evaristo Carvalho, se ele não se remetesse ao simples papel de pau mandado ou mordomo do Primeiro-Ministro são-tomense.

Claro que a mensagem que, Patrice Trovoada, terá querido  fazer passar aos militares, é a de que eles terão  mesmo de ser disciplinadinhos, bico calado, nada de aventuras contra o seu poder absoluto, - 

No fundo, o mesmo intuito das tais apregoadas e polémicas inspecções judiciais Patrice- “Juízes medíocres podem ser úteis noutros sectores” 

É, que no fim de contas, toda a discursata,que ali foi botar, estaria certa se fossse proferida por Evaristo, Carvalho: sim,  mas quem é que poderá  conceder um pouco mais de humildade e sensatez  a um empresário-politico ambicioso, no alto da sua  arrogância e vaidade compulsiva?

"Patrice Trovoada sublinhou que “precisamos de formar os homens que existem nas nossas Forças Armadas para melhor responderem aos novos desafios relativos a segurança Internacional”.

 Confiante na “modernização e a reestruturação” do exército, ainda na presente legislatura, o chefe do governo destacou que “ é preciso continuarmos a fazer os esforços de investimento através da cooperação e do próprio orçamento geral do Estado” para se preencher “algumas lacunas” ainda existentes no sector da defesa.

Tendo reconhecido a contribuição positiva resultantes do estrangeiro, Patrice Trovoada citou a relevância das assistências técnicas e ajudas materiais provenientes de Portugal, Estados Unidos da América, Marrocos dentre outros Estados, no âmbito da cooperação militar com o arquipélago. - Excerto de STP-Press

TELEVISÃO E RÁDIO DO ESTADO AO SERVIÇO INTEGRAL DO GOVERNO TROVOADA
Mas onde não é poupado é nas redes sociais, onde a liberdade não é amordaçada -  Eis este precioso naco de prosa

"Governo turista paga salário à conta-gotas. Patrice Trovoada, o rosto do governo e da maioria absoluta da ADI, começa a ver caído por terra a ideia de se transformar São Tomé e Príncipe no Dubai. Um projecto de propaganda cujo fruto já se começa sentir no país.
Patrice Trovoada tem meios para viajar, fazer turismo com a promessa de sempre trazer benefícios para o desenvolvimento do País, prova disso, a maior parte dos funcionários públicos não receberam até então.

O lixo e a falta de energia eléctrica já são amigos do santomense. Os geradores de propaganda vieram fazer turismo tudo a imagem do primeiro-ministro Patrice Trovoada.
Patrice preparou estrada da cidade e os geradores foi a imagem de vitória, mas segundo fontes fidelíssimas da própria EMAE, um dos geradores veio avariado e sem reparação à vista e os outros dois, estão longe de garantir a energia para todo o país. É o preço da propaganda desse governo turista.

Patrice tomou o poder e em menos de um ano do seu mandado, inaugurou tudo de Norte até ao Sul de São Tomé e Príncipe, hoje já não existem inaugurações e nem o Pinto da Costa que era a figura de bloqueio segundo o Patrice Trovoada.

O homem tem tudo nas mãos, as leis já não são cumpridas visto que o Presidente da República Evaristo Carvalho ausentou-se do país sem o assentimento da Assembleia Nacional só para satisfazer o desejo do primeiro-ministro Patrice Trovoada, que queria ver São Tomé e Príncipe presente na festa do seu irmão.

Patrice prepara nova remodelação governamental e com muitas figuras vindas de outros partidos, nomeadamente o MLSTP, tudo para justificar o seu fracasso em 2018, o povo será vítima de mais uma prosa, “ eu não governei sozinho, tiveram outros partidos comigo”.





Nenhum comentário :